VOLUME 2 n.1 2011

Todos os arquivos estão em formato Adobe PDF.
Para baixar o Adobe Reader, clique aqui.

SUMÁRIO:

EDITORIAL
Páginas 1-2

ARTIGOS ORIGINAIS

Fragmentos da trajetória pessoal e profissional de Wanda Horta: contribuições para a área da enfermagem.
Sandra Maria Bastos Pires
Marineli Joaquim Méier
Mitzy Tannia Reichembach Danski
Páginas 3-15

Utilización de la imagen enfermera-mujer y sus repercusiones.
Magdalena Santo Tomás Pérez
Maria da Paz Mompart García.
Páginas 16-39

Primórdios da formação e prática de enfermagem em Portugal: Enfermeiros e ajudantes no Hospital Geral de Santo António – Porto (1896-1918).
Faria, S. Silva
H. Braga Maia
T. Vieira, F.
Páginas 40-62

Trajetória histórica do controle e do cuidado da Hanseníase no Brasil.
Juliana Trierveiler
Maria Catarina da Rosa
Janelice Bastiani.
Maria Lígia dos Reis Bellaguarda.
Páginas 63-76

O CAPS Castelo no processo de estruturação da reforma psiquiátrica em Pelotas (1987-2002).
Janaína Quinzen Willrich
Luciane Prado Kantorski
Leonardo Prado Kantorski
Karen Jeanne Cantarelli
Uiasser Thomas Franzmann.
Páginas 77-94

Autonomia e empoderamento do Enfermeiro atuante na área hospitalar.
Adriana Ribeiro
Leodania Aparecida Americo
Mágada T.Schwalm
Luciane Bisognin Ceretta
José Otávio Feltrin
Rosane dos Santos.
Páginas 95-104

Manequim de simulação humana no Laboratório de Enfermagem: uma revisão de literatura.
Ricardo Quintão Vieira
Leila Maria Rissi Caverni.
Páginas 105-120

Perfil Epidemiológico dos Clientes Portadores de Tuberculose Multirresistente Acompanhados no Ambulatório do Hospital Geral Otávio de Freitas em Recife, no Período de Janeiro de 2002 a Janeiro de 2007.
Julius Cezar de Melo Medeiros
Eduardo de Melo Medeiros
Shirley Suely Soares Veras Maciel.
Páginas 121-136

REFLEXÃO

Pesquisa histórica: possibilidades teóricas, filosóficas e metodológicas para análise de fontes documentais.
Ana Maria Rosete Maia
Eliani Costa
Maria Itayra C. de S. Padilha
Miriam Süsskind Borenstein
Páginas 137-149

RESENHA

Porto, F; Amorim W. História da Enfermagem. Identidade, profissionalização e símbolos. São Paulo: Yendis, 2010. 478 p.
Paulo Fernando de Souza Campos
Páginas 150-151